notícias

Mato Grosso pode dobrar produção

Neste dia 24 de maio, foi comemorado o Dia Nacional do Café, e o Governo do Mato Grosso vem comemorando, não só este dia significativo para a produção do Café, como também, os bons resultados obtidos na realização do programa estadual Pró-Café. Iniciado no ano de 2016 pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf). Já foram cerca de 500 mil mudas de clonal doadas pelo Pró-Café para agricultores de 10 municípios do noroeste do Estado e a expectativa é, além de expandir a área plantada e de dobrar a produção até 2020, fazer com que o café volte a ser uma das principais fontes de renda da agricultura familiar.

Os pequenos agricultores das cidades de Colniza, Cotriguaçu, Rondolândia, Juína, Alta Floresta, Carlinda, Nova Monte Verde, Tangará da Serra, Aripuanã e Nova Bandeirantes, recebem também, além das mudas, insumos, assim como, calcário e fertilizantes, incluindo também a assistência técnica por parte de servidores da Empaer (Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e dos órgãos municipais onde o Pró-Café é realizado.

“Até 2020 queremos aumentar a produção do café em Mato Grosso, fazendo com que das atuais 165 mil sacas anuais, o cultivo salte para 300 mil por ano. Além disso, fazer com que a produtividade na área plantada do grão seja maior. Em média um hectare produz oito sacas. Com o programa queremos subir para 20 sacas por hectare a média de produtividade”, esclarece o secretário de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Corgésio Albuquerque.

A partir de 2016, os investimentos implantados no Pró-Café, alcançam a soma de R$7,7 milhões, contanto com a atuação dos governos estadual e federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Todos esses esforços foram aplicados na construção e na revitalização de viveiros de mudas de café, admissão e qualificação de técnicos, aquisição de 432 toneladas de calcário e 98 toneladas de fertilizantes, e ainda, na aquisição de sete veículos pick-ups e uma caminhonete S10, os quais são disponibilizados pelo Governo do Estado às secretarias municipais de agriculturas, Embrapa e Empaer, com o objetivo de prestarem orientação técnicas do programa aos cafeicultores.

Fonte: SEAF/MT

categorias

últimos posts

Mato Grosso pode dobrar produção

Neste dia 24 de maio, foi comemorado o Dia Nacional do Café, e o Governo do Mato Grosso vem comemorando, não...

30 . 05 . 18

Clima indica uma safra de qualidade

Chuvas adequadas no decorrer dos últimos meses criaram expectativas de produção de melhores grãos no...

29 . 05 . 18

Café no shampoo? Descubra agora.

O cabelo é uma das maiores preocupação para mulheres e homens, cuidar dele é quase um ritual seguido...

27 . 05 . 18